O bebê nasceu! E agora? 5 dicas importantes para a primeira semana

outubro 17, 2016 0 comments 4407 Visualizações
O bebê nasceu

Diferentemente do passado, quando o papel do pai era visto apenas como o provedor de bens materiais da família, hoje, eles estão cada vez mais presentes na vida de seus filhos e ajudam bastante as mulheres a cuidarem dos pequenos.

Se você é pai de primeira viagem e está ansioso para receber o recém-nascido, mas não sabe como pode ajudar na primeira semana do bebê, confira as dicas a seguir para esclarecer as principais dúvidas sobre o período após o nascimento:

Por que o bebê chora tanto e como acalmá-lo?

O recém-nascido chora porque é a única maneira que ele encontra para avisar que algo não está bem ou que ele deseja alguma coisa. Geralmente os motivos são fome, sono, fralda suja, dor ou algum tipo de incômodo, como muita luz ou muito barulho.

Para ajudar a tranquilizá-lo, o papai deve checar qual desses itens está motivando o choro e tentar sanar o problema trocando a fralda, mudando-o de posição ou diminuindo a luz ou barulho que incomoda.

Só se a razão for a fome que o papai não poderá colaborar muito, apenas levá-lo à mamãe, que deve alimentá-lo no peito.

O leite materno deve ser a única fonte de alimento do bebê?

Sim, não é recomendado dar água, chá, suco ou outro tipo de líquido e papinha. O leite materno nutre, hidrata e acalma o bebê. Se a criança deixar de ingeri-lo, ela absorverá menos proteínas e calorias do que deveria e seu crescimento pode ser prejudicado.

Além disso, muitos chás contêm substâncias estimulantes que deixarão o bebê inquieto, ou açúcar, que pode causar sérias cólicas. Por fim, o fato da criança começar a sugar outros bicos pode fazer com que ela abandone o peito da mãe.

O que fazer para minimizar as cólicas na primeira semana do bebê?

É realmente desesperador ouvir o choro do bebê quando ele sofre com as dores das cólicas, mas elas são normais e indicam que o sistema digestivo dele está amadurecendo.

Como um pai atencioso e preocupado que você é, pode tomar algumas atitudes que ajudam a diminuir os sintomas das cólicas: aqueça a barriguinha do pequeno, faça massagens caseiras, coloque-o em posição fetal e dê muito aconchego.

Dessa forma, você ajudará a diminuir o desconforto e o choro da criança, além de tranquilizar a mamãe, que geralmente fica agoniada quando as cólicas começam. Não utilize produtos naturais, pois eles podem causar intoxicação.

Qual a melhor forma de pegar o bebê no colo?

O recém-nascido é muito pequenino e flexível, por isso é necessário segurá-lo com bastante cuidado. A maneira correta é encaixar a cabeça na dobra do cotovelo e as costas no antebraço. Como a musculatura do pescoço é pouco desenvolvida e os ossos do crânio não estão totalmente formados, não faça movimentos bruscos, nem pressione demais ou bata essas regiões.

Posso passear com ele?

Sim, mas é preciso tomar alguns cuidados: não frequentar lugares lotados e fechados, agasalhar bem a criança, principalmente na cabecinha, para que ela não fique exposta à friagem, pois um resfriado pode ser muito agressivo ao bebê. Lembre-se também de colocá-lo na cadeirinha própria para carro na hora de transportá-lo.

Agora que você já sabe como agir na primeira semana do bebê, fique tranquilo e dê todo o apoio que a sua mulher precisa. Saber que ela não está sozinha e pode contar com você é a melhor sensação que sua esposa pode ter.

Gostou do artigo, tem outras dúvidas ou gostaria de compartilhar alguma experiência? Adoraríamos saber sua opinião, deixe-nos um comentário!

728x90 - O bebê nasceu! E agora? 5 dicas importantes para a primeira semana