[E-BOOK grátis] O papel dos pais na formação do caráter dos filhos

baixar grátis

Regras da cadeirinha para carros: entenda!

outubro 2, 2017 0 comments 500 Visualizações
cadeirinha

Ao transportar uma criança no carro, algumas regras devem ser respeitadas. Para certas idades é necessária a utilização de cadeirinha especial para automóveis, mas muitas informações ainda são desconhecidas pelos pais, principalmente os de primeira viagem, o que pode acarretar tanto em um perigo para a segurança da criança quanto em uma infração de trânsito.

Para esclarecer questões sobre as regras da cadeirinha para carros, preparamos este texto especialmente para você. Confira!

Legislação de trânsito sobre o transporte de crianças

O artigo 64 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) afirma que as crianças com com menos de 10 anos devem ser transportadas nos bancos traseiros, salvo exceções previstas pelo CONTRAN.

O artigo 65 da mesma lei prevê a obrigatoriedade do uso de cinto de segurança para o condutor e para os passageiros. Não obedecer essas normas é considerado infração de trânsito.

Quanto ao transporte de crianças, a não observação das normas de segurança é infração gravíssima, punível com 7 pontos na carteira, multa no valor de R$293,47, além da aplicação de medida administrativa de retenção do veículo até sanar a irregularidade.

Já a infração por passageiro ou condutor que não esteja utilizando o cinto de segurança é infração grave, punível com 5 pontos na carteira e multa de R$ R$195,23, além da retenção do veículo até a colocação do cinto de segurança.

Regras da cadeirinha para carros

A Resolução nº 277 de 2008, conhecida como “Lei da cadeirinha”, regulamenta o transporte de menores de 10 anos nos veículos.

De acordo com a norma, devem ser observadas as seguintes regras:

Crianças até um ano

Até um ano a criança deve ser transportada em bebê conforto ou poltrona reversível no banco traseiro do veículo, com a cadeirinha virada para a traseira do carro. Essa posição é obrigatória por lei, e tem a função de proteger o pescoço da criança em casos de batidas ou freadas bruscas.

A cadeirinha para recém-nascidos é obrigatória desde a saída do hospital, por isso, é importante adquiri-la com antecedência e já deixá-la instalada no veículo.

Crianças de 1 a 4 anos

É preciso utilizar cadeirinha para crianças, preferencialmente ainda virada para a traseira do veículo. É possível instalar a cadeira virada para a frente se ela não tiver bandeja ou qualquer acessório equivalente.

Crianças de 4 a 7 anos e meio

É possível usar assento de elevação, também conhecido como “booster”, junto com o cinto de segurança de 3 pontos do carro. A transição deve ser feita quando a criança não couber mais na cadeirinha.

Crianças de 7 anos e meio a 10 anos

Crianças de 7 anos e meio até 10 anos podem viajar no banco traseiro com o cinto de segurança do veículo, sem necessidade de cadeirinha especial.

Casos específicos

Se houver mais de 3 crianças abaixo de 10 anos no carro, a mais alta poderá ir na frente. Porém, deve usar o dispositivo de retenção adequado para sua altura e peso, se tiver menos de 7 anos e meio.

O mesmo se aplica aos casos de carros que não possuem banco traseiro ou em que não seja possível instalar a cadeira.

Dicas para comprar a cadeirinha

A cadeirinha deve ser adquirida junto com o enxoval do seu filho. Na hora da compra existem alguns cuidados que devem ser observados:

  • compre cadeirinhas com selo de certificação do Inmetro, para garantir a segurança;
  • dê preferência para as que possuem cinto de 5 pontos. Dessa forma a criança fica mais presa e segura;
  • analise a qualidade do material. Conforto e qualidade são fundamentais para garantir a segurança da criança;
  • verifique o espaço do carro. Alguns modelos são maiores e podem não se adaptar bem ao veículo.

Ao adquirir a cadeirinha, leia atentamente o manual de instruções para garantir a instalação e a utilização correta do equipamento. Assim você garante a segurança do seu filho durante o transporte.

Agora que você já conhece as regras da cadeirinha para carros, aproveite para aprender as regras para viajar com crianças para o exterior!