Crianças merecem saber a verdade

Bebel Soares julho 19, 2019 0 comments 289 Visualizações
img post bebel jul19 - Crianças merecem saber a verdade

Em março desse ano recebi o diagnóstico de câncer de mama. Não é a melhor notícia para gente receber, nem para dar para os filhos. Mas mentir sempre é pior.

Por aqui não há segredos, as perguntas são sempre respondidas. Até aquela constrangedora na estação do metrô quando ele viu as camisinhas que são distribuídas gratuitamente.

_O que é camisinha? – disse ele entre todas aquelas pessoas que passavam. E eu respondi naturalmente.

_ Lembra que eu te contei que o espermatozoide sai do pênis do homem para encontrar o óvulo da mulher? Pois é, a camisinha é pra não deixar o espermatozoide chegar até o óvulo.

Para perguntas mais difíceis, muitas vezes, eu recorro ao Google e respondo.

Sobre o meu diagnóstico, desde: “estou sentindo um carocinho no peito”, ele já sabia. A primeira consulta com a mastologista, ele sabia. Quando saiu o resultado do exame ele soube. No mesmo dia.

Sempre tratei meu filho como ele merece. Com a verdade.

É difícil para uma criança saber que a mãe está passando por isso? Com certeza. Mas saber que a mãe está passando por algo e não contou para ela é bem pior. E a gente não pode prometer o que não sabe se vai cumprir. Crianças sentem, captam as coisas no ar. Quando eu era criança eu sempre soube quando os adultos estavam escondendo alguma coisa. Sempre tive ódio disso. Tenho pavor de hipocrisia.

_Mãe, você vai morrer?
_Todo mundo vai morrer um dia. Se eu vou morrer de câncer eu não sei, o que eu sei é que a chance de cura é de 80%. Você acha que eu devo focar nesses 80% ou eu devo pensar que tem 20% de chance de morrer?
Nos 80%.
_Então vamos todos focar nos 80%!

Na consulta antes da cirurgia ele foi comigo conhecer a médica, ouviu toda a conversa. É muito mais fácil ter medo do que a gente não conhece.

Não vou prometer que não vou morrer, mas prometo que vou fazer de tudo pra me curar.

 

Por: @babelsoares
Foto: @estudiolilliput