4 estímulos para recém-nascidos

Avatar dezembro 20, 2016 1 comment 6761 Visualizações
estímulos para recém-nascidos

É difícil encontrar uma pessoa que tenha conhecimentos profundos sobre cuidados com recém-nascidos, a não ser os profissionais que dedicam a vida a essa função. E essa falta de habilidade se torna mais aparente quando o cuidador é o pai de primeira viagem, afinal, alguns homens não possuem talento algum para tomar conta dos recém-nascidos.

Porém, essa é uma habilidade que pode ser aprendida e, acima de tudo, torna-se prazerosa. E muito mais do que isso: é uma necessidade. Principalmente porque os recém-nascidos devem ser estimulados de forma leve e criativa para crescerem com muito aprendizado.

Para ajudar nessa doce tarefa, a seguir, citaremos 4 estímulos para recém-nascidos, os quais são fundamentais e vão muito além de trocar fraldas e colocar o bebê para dormir. É hora de interagir com seu filho! Vamos lá?

1. Converse com seu bebê

Pode parecer um pouco estranho conversar com uma pessoa que ainda não entende o que você diz. No entanto, é a partir dessas conversas que o recém-nascido encontra referências para balbuciar as primeiras palavras mais a frente.

Procure falar o mais natural possível. Formule frases curtas e converse como se estivesse falando com um adulto. Apesar de o bebê não expressar nenhuma reação, isso vai ativar a sua audição.

Quanto mais palavras utilizar, independentemente de serem comuns ou complexas, maior será o vocabulário da criança logo que ela começar a falar. Mas certifique-se de fazer algumas pausas. Não é porque você é o único que fala que deve despejar frases e discursos para cima do pequenino. Imagine a necessidade dele responder e converse dessa forma.

2. Cante para o recém-nascido

A música é uma ótima ferramenta de aprendizado. Isso sem contar que, no decorrer da vida, se o repertório for bem escolhido, trará benefícios para o bebê. Por isso, sempre escolhas músicas leves e que transmitam calma e acolhimento.

Além disso, a música ajuda na formação das memórias de longo prazo. Essas memórias retornarão mais tarde, mesmo que o adulto não a reconheça como uma lembrança do passado.

Nesse momento único, os laços entre pai e filho são estreitados e o bebê desenvolverá os sentidos. Tudo de forma leve, divertida e agradável.

3. Dê muito carinho

O toque é o ápice do contato entre o pai e o bebê. Não economize nos carinhos, mas procure fazer da maneira mais leve e delicada possível. Uma pequena massagem na barriguinha, um toque sensível, com as costas da mão no rostinho ou alguns beijinhos no rosto. É importante tomar cuidado para não sufocar o bebê.

4. Propicie um banho relaxante

O banho é um momento de relaxamento, não deixe essa tarefa apenas para a mãe. Durante o banho, faça algumas brincadeiras, como bola de sabão, por exemplo. Repita os gestos de carinhos e faça com que o bebê se sinta acolhido.

Você pode levar algum brinquedinho para o banho. Vale qualquer coisa, desde que não corte, queime ou possa ser engolido.

Antes de dar o primeiro banho no seu bebê, pergunte para alguém ou estude sobre a melhor forma de fazer isso. Assim, você saberá os tipos de shampoos e sabonetes indicados e proporcionará um banho seguro e relaxante.

Estas são algumas dicas de estímulos para recém-nascidos. Existem muitas outras, basta ter conhecimento e colocar a criatividade para funcionar. Seja o pai que seu filho terá orgulho de apresentar aos amigos!

E você, está ansioso pela chegada do bebê? Não tem nem ideia de como agir? Curta nossa página no Facebook e receba muito conteúdo útil e educativo!

728x90 - 4 estímulos para recém-nascidos