Qual a diferença entre ser pai de menino ou menina?

Avatar março 7, 2017 0 comments 7778 Visualizações
menino ou menina

Ser pai é sempre um desafio, independentemente do sexo da criança. Grande parte dos homens, entretanto, têm dúvidas sobre a necessidade de cuidados específicos para menino ou menina.

Quantos às brincadeiras infantis, a diferença entre meninos e meninas é geralmente imposto pela sociedade através dos pais e pessoas próximas. Ou seja, não existem brincadeiras para meninos ou para meninas e esse tipo de distinção pode causar danos à saúde emocional da criança.

Neste artigo reunimos diversas dicas sobre como lidar com a questão de gênero e os cuidados específicos com higiene e saúde em geral para meninos e meninas. Acompanhe!

Saúde e higiene do bebê

A princípio, a única diferença que vai existir, durante os primeiros anos de vida, é a questão da genitália e algumas doenças que podem ser mais comuns em um dos sexos.

A forma de fazer a higiene dos bebês deve receber atenção especial no caso das meninas, certificando-se de limpar o bumbum de frente para trás, para que não haja risco de causar infecção na vagina.

No que diz respeito à saúde dos pequenos, sobretudo nos meses iniciais, é necessário estar atento a sinais de desenvolvimento do bebê. Algumas doenças genéticas, como a síndrome do X frágil e a hemofilia, por exemplo, acometem somente os meninos e, portanto, necessitam de atenção por parte dos pais.

Brinquedos e brincadeiras

Meninos que desenvolvem interesse em brincar com bonecas, por exemplo, sofrem forte represália. Os pais devem estar cientes de que para a criança as distinções de gênero não existem, já que são culturalmente construídos.

Esteja preparado para lidar com seu filho ou filha quando ele pedir uma boneca Barbie e ela um tênis de futsal.

Nos últimos anos tem-se discutido muito sobre a identidade de gênero das crianças e cada vez mais vem aumentando o número de pessoas que se assumem transsexuais, por exemplo.

Querer um filho significa também ter maturidade e sabedoria para saber lidar com esse tipo de questão se necessário e aceitar seu filhote com a personalidade e a identidade que ele ou ela tiver.

Roupas

Chega uma hora em que as crianças começam a construir os próprios gostos e ter suas preferências de cores, estilos e peças de roupas. O ideal é deixar a criança o mais à vontade possível, mas claro que você não pode deixar ele ir à escola usando as botas da mãe e uma capa de chuva, ainda que ele esteja se sentindo fantástico.

Preocupe-se, portanto, em manter seu filho confortável, aquecido, com roupas limpas e sem medo de rasgar a roupa enquanto brinca. No mais, deixe-o livre para escolher suas cores e desenhos favoritos. É importante notar que em relação às roupas a questão de gênero também precisa ser observada de perto.

Personalidade

Como mencionamos, um dia sua princesinha pode olhar para uma vitrine, apontar uma chuteira e pedir pra você comprar. Não diga a ela que isso é coisa de menino, até porque isso não é a verdade. A personalidade é construída ao longo dos anos e todos têm aspectos considerados “de menino” e “de menina” na sua personalidade.

Muitos pais e mães, sem saber das consequências, costumam impor certos valores que fazem mal à criança, limitam sua capacidade imaginativa e fazem com que ela absorva preconceitos sociais que devem ser erradicados.

Se você gostou da nossa postagem sobre as diferenças entre ser pai de menino ou menina, siga-nos nas redes sociais (Facebook, Instagram) e tenha acesso a outros materiais sobre o tema!

728x90 - Qual a diferença entre ser pai de menino ou menina?