Manual de boas práticas para visitar recém-nascidos

Avatar outubro 20, 2016 0 comments 4148 Visualizações
visitar recém-nascidos

Quando o bebê e finalmente vai para casa, todos querem dar aquela passadinha para vê-lo e parabenizar os papais. Receber tanto carinho e amor é maravilhoso, mas, mesmo assim, é indispensável que sejam observados alguns cuidados na hora de visitar recém-nascidos para evitar incômodos à mãe, que precisa de descanso, e à criança, que demanda cuidados redobrados nos primeiros meses.

Por isso, no post de hoje, preparamos um manual completo de boas práticas para você estabelecer antes de receber pessoas em sua casa para conhecer seu novo bebê. Continue a leitura!

1. Agende as visitas

Com a chegada do recém-nascido, familiares, amigos e colegas de trabalho costumam ficar eufóricos e ansiosos para conhecer o pequeno. Porém, algumas pessoas podem resolver aparecer de surpresa em um momento totalmente inoportuno, invadindo sua privacidade e incomodando tanto o bebê quanto a mãe, que precisam de tranquilidade no período pós-parto.

Por isso, estabeleça a partir de quando vocês receberão visitas. Em seguida, quando chegar a hora de as pessoas irem à sua casa, agende com antecedência com cada uma. Faça isso sem pressão, evitando que as visitas sejam à noite ou perto de períodos de amamentação, soneca ou banho.

2. Estipule o tempo de permanência

Já pensou se o bebê teve cólicas durante a noite anterior e você e a mãe dormiram pouco ou quase nada? Vocês estarão cansados e, assim, fazer sala para as visitas pode ser muito mais desgastante do que você imagina.

Portanto, quando as visitas chegarem, defina o tempo ideal para a permanência de cada uma. Afinal, não é legal que elas fiquem horas e horas, especialmente se vocês precisam recuperar as energias.

Determine entre 15 a 20 minutos de permanência, não mais que isso! Visitar recém-nascidos é justamente para isso, conhecer o bebê, e não há necessidade de ser algo prolongado.

3. Redobre as regras de higiene para visitar recém-nascidos

Impor regras e condições de higiene pode parecer um pouco chato, mas os cuidados com a saúde da criança são essenciais. Coloque sabonete bactericida líquido no lavabo e álcool antisséptico no quarto do bebê — este último, preferencialmente, à mostra.

Nesses momentos, é importante que os pais sirvam de exemplo, sendo os primeiros a higienizar as mãos. Aos fumantes, peça que não fumem antes e, muito menos, durante a visita! O olfato do bebê é extremamente sensível e não deve ser exposto a cheiros desagradáveis. Portanto, o mesmo vale para perfumes muito fortes, que devem ser evitados.

Já pessoas resfriadas ou doentes não são bem-vindas! Lembre-se de que recém-nascidos não possuem o sistema imunológico completamente desenvolvido e são mais suscetíveis a doenças. Agende a visita para depois que eles melhorarem.

4. Não acorde o bebê em vão

Bebês dormem a maior parte do tempo, e isso é essencial para o crescimento e desenvolvimento deles. Respeite a rotina do seu filho e deixe-o descansar em um ambiente calmo e seguro, ou seja, nada de acordá-lo apenas por causa das visitas. Não tenha vergonha de pedir que elas respeitem e não insistam, pois a tranquilidade do pequeno vem em primeiro lugar.

5. Exija a permissão da mãe para pegar o bebê no colo

As visitas demonstram o quanto o bebê é querido e os pais, amados. Porém, sempre haverá alguém que se deixa levar pelo entusiasmo e tenta pegar o bebê, beijar suas mãozinhas ou pezinhos e segurá-lo no colo. Nesse momento, é preciso impor limites.

Quando a criança está indisposta ou sonolenta, a mãe pode preferir deixá-la descansando. E lembra o que falamos há pouco sobre higiene? O contato com o bebê precisa ser restrito para evitar infecções por vírus e bactérias. A mãe tem todo o direito de, por qualquer motivo, não querer que outras pessoas além de vocês toquem no bebê.

Fazer tantas exigências de pessoas queridas para visitar recém-nascidos sem que eles fiquem chateados pode parecer complicado, mas tudo se resolve com diálogo. Mostre que você está apenas zelando pelo bem-estar da mãe e da criança e preocupando-se com a saúde do pequeno.

Pronto para receber as visitas? Agora, se você é pai de primeira viagem, não perca nossas dicas selecionadas especialmente para você!

728x90 - Manual de boas práticas para visitar recém-nascidos