Por que é preciso fazer o bebê arrotar após mamar?

Avatar fevereiro 23, 2017 0 comments 26332 Visualizações
fazer o bebê arrotar

Quando se tem um filho é comum surgirem vários questionamentos, inclusive sobre assuntos que são mais simples do que parecem, como fazer o bebê arrotar.

Acontece que muitos pais não entendem ao certo a importância desse hábito, nem mesmo sabem como proceder da maneira correta após o neném mamar. Por isso, vamos explicar tudo o que você precisa saber a respeito desse assunto neste texto. Acompanhe!

Por que os bebês arrotam

Essa é uma dúvida compartilhada por muitos pais de primeira viagem. Acontece que os bebês, ao se alimentarem, especialmente por meio de mamadeiras (em vez do peito da mãe), acabam ingerindo ar junto com o leite. Como resultado, o ar se acumula na barriguinha do neném.

O corpo, para expeli-lo, acaba provocando o arroto, que muitas vezes vem acompanhado de regurgitações que trazem pequenas quantidades de leite — muitas vezes ainda presente no esôfago da criança.

Portanto, não se assuste ao detectar a presença do líquido nesse momento, pois é completamente natural!

A importância do arroto

Até aqui você já percebeu a importância de fazer o bebê arrotar. Contudo, deve estar se perguntando o que pode acontecer caso o neném não o faça, não é verdade?

Caso ele não expulse o ar ingerido, este pode ficar acumulado por tempo indeterminado em seu estômago e se transformar em gases. Além disso, ele também pode provocar cólicas que causarão dores no recém-nascido e muito choro.

Outro ponto importante é que se o seu filho for dormir sem antes ter expelido o ar, é possível que ele arrote quando estiver adormecido. Ou seja, ele pode regurgitar e acabar ficando asfixiado devido à posição em que estiver deitado e ao refluxo do leite.

Como saber se o neném precisa arrotar

Como você viu, é indispensável que o neném arrote. Porém, nem sempre você terá certeza de que ele realmente engoliu ar ao mamar.

Em alguns casos, ele dará sinais de que sim durante o momento em que mama, como por exemplo, parando de sugar o bico da mamadeira ou o peito da mãe de maneira brusca, demonstrando desconforto ou então fazendo caretas que sinalizam dor.

Mas também é possível que o recém-nascido reaja de maneira completamente normal. Por isso, independentemente de ele dar pistas ou não, você deve colocá-lo para arrotar. Afinal, prevenir é melhor que remediar!

Posições corretas para fazer o bebê arrotar

Existem algumas posições indicadas para esse momento, como deixá-lo na vertical enquanto está no seu colo com a cabeça em seu ombro e dar algumas leves palmadinhas em suas costas até que ele solte o ar.

Outra alternativa é deixá-lo sentado sobre suas pernas enquanto o inclina suavemente para a frente com uma mão no peito e, com a outra, acaricia suas costas.

Geralmente, esse processo não dura mais do que 15 minutos. Porém, se ainda assim ele não arrotar, isso significa que você não precisa mais insistir, pois ele muito provavelmente não ingeriu ar.

Fazer o bebê arrotar é importante não apenas para o seu bem-estar físico, como também é indispensável para a sua segurança. Portanto, torne esse momento um hábito diário!

Aproveite o tema e leia também sobre 4 estímulos fundamentais para recém-nascidos!

728x90 - Por que é preciso fazer o bebê arrotar após mamar?